http://2.bp.blogspot.com/-wN9-ei8IK20/TwwqUIczNiI/AAAAAAAADR4/5R-VYDDhzU0/s1600/SUS+Sistema+%25C3%259Anico+de+Sa%25C3%25BAde.jpg

Grande parte dos municípios brasileiros, dentre eles, Afogados da Ingazeira, serão beneficiados com a melhoria do atendimento nas Unidades de Saúde. A lista das cidades que vão receber os recursos adicionais pelo Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ) foi publicada nesta quinta-feira (20) pelo Ministério da Saúde. O incentivo faz parte do processo de modernização da gestão da saúde do Governo Federal, com adoção de novos padrões e indicadores de qualidade, estimulando tanto a auto avaliação das equipes como a oportunidade de aprimoramento do cuidado. Ao todo, serão repassados R$ 1,6 bilhão referentes à certificação de 29.598 equipes de atenção básica e 19.050 equipes de Saúde Bucal.
 
Lista de municípios do PMAQ
 
Das equipes de atenção básica avaliada, cerca de 50% (14.288) atingiram resultado acima da média ou muito acima da média. Quanto à saúde bucal, 44% (8.492) das equipes tiveram avaliação acima da média. As equipes de Atenção Básica que recebem conceito muito acima da média recebem adicional de R$ 8,5 mil por mês; acima da média passa a ter um aditivo de R$ 5,1 mil. As demais avaliações ganham um complemento de R$ 1,7 mil. Para as equipes de saúde bucal os valores são, respectivamente, R$ 2,5 mil, R$ 1,5 mil e R$ 500.
 
O processo de certificação, que determinou o volume de recursos a serem transferidos aos municípios, é realizado pelo Ministério da Saúde com o apoio de 49 Instituições de Ensino e Pesquisa de todas as regiões do país. A avaliação é composta por três partes: uso de instrumentos auto avaliativos – o que corresponde 10% da avaliação; desempenho em resultados do monitoramento dos 24 indicadores de saúde firmados no momento da adesão do Programa – responsável por 20% da avaliação; e desempenho nos padrões de qualidade verificados in loco por avaliadores externos, que corresponde a 70% da nota de avaliação.
 
O objetivo do PMAQ é garantir um alto nível de atendimento por meio de um conjunto de estratégias de qualificação, acompanhamento e avaliação do trabalho das equipes de saúde. Este ano, o programa foi ampliado para todas as equipes de Atenção Básica, incluindo os Núcleos de Atenção à Saúde da Família (NASF) e avançando na atenção especializada contemplando os Centros de Especialidades Odontológicas (CEO), que antes não faziam parte do programa. Desde 2011, quando foi lançado, o PMAQ já repassou aos municípios mais de R$ 5,2 bilhões em recursos. Ao todo, o investimento em atenção básica aumentou em 106% nos últimos quatro anos. Só em 2014 serão aproximadamente R$ 20 bilhões.

AVALIAÇÃO EXTERNA

Para avaliação das equipes que aderiram ao segundo ciclo do PMAQ, também foi considerada a opinião dos usuários do SUS. Ao todo, foram aplicados questionários, entre novembro de 2013 e maio de 2014, a mais 115 mil brasileiros de todos os estados sobre o atendimento prestado pelas equipes de atenção básica.

Leia mais...

 

http://maisagreste.com.br/wp-content/uploads/2014/04/IFPE.png

Mais de 30 mil candidatos irão realizar as provas do vestibular 2015 do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) no próximo domingo (23). Os participantes do processo seletivo devem consultar o local de prova no cartão de inscrição por meio do site do instituto.

Os exames começam às 9h e serão aplicados em 73 prédios distribuidos por 21 cidades, sendo 41 deles localizados no Recife. O candidato deve chegar com antecedência portando carteira de identidade, caneta esferográfica azul ou preta e cartão de inscrição.

A avaliação terá duração de três horas para os candidatos aos cursos técnicos e quatro horas para quem está na disputa por uma vaga de curso superior. Os primeiros responderão a 30 questões, sendo 10 de português, 10 de matemática e outras 10 de conhecimentos gerais. Já os dos cursos superiores terão redação e outras 50 questões, distribuídas entre as disciplinas de língua portuguesa, língua estrangeira, matemática, física, química, biologia, história e geografia.

Cerca de 3 mil profissionais foram escalados para trabalhar no dia de prova. Além disso, o IFPE solicitou apoio do Consórcio Grande Recife para que as frotas de ônibus sejam reforçadas no domingo.

São oferecidas 5.247 vagas distribuídas em 57 cursos no vestibular 2015. Desse total, 1.627 vagas são na modalidade Integrado, aquela em que o estudante realiza o ensino médio e curso técnico de forma concomitante, 2.708 na modalidade Subsequente, destinada a quem tem ensino médio completo, 792 vagas para os cursos superiores e outras 120 para a modalidade Proeja (Educação de Jovens e Adultos).

 

Foto: Gilson Pereira/Divulgação

Com investimento de R$ 45 milhões e expectativa de gerar 200 postos de trabalho, a varejista catarinense Havan deverá inaugurar, no início do próximo ano, uma filial em Petrolina, no Sertão pernambucano. O diretor de expansão da rede, Nilton Hang, esteve com o prefeito Julio Lossio (PMDB) nessa quarta-feira (19).

De acordo com o projeto, a loja em Petrolina será na Avenida da Integração e terá 16 mil metros quadrados de área construída, 700 vagas de estacionamento cobertas e gratuitas, área de alimentação e esteira rolante.

Na loja, haverá uma réplica da Estátua da Liberdade, com 40 metros de altura, e a fachada reproduzirá os traços da arquitetura da Casa Branca, sede do governo dos Estados Unidos.

“Um empreendimento como a loja Havan será muito importante para Petrolina. E o que vocês precisarem da prefeitura podem contar conosco”, afirmou Júlio Lóssio na reunião com o representante da rede. O prefeito prometeu celeridade nos processos burocráticos para a instalação do empreendimento. Petrolina foi escolhida por ser um polo regional de desenvolvimento.

 
altVivemos um dos mais graves momentos da história da humanidade em se tratando de degradação do meio-ambiente. Aquecimento global, extinção de inúmeras espécies, morte de rios, crise de abastecimento de água, poluição, desmatamento e tantos outros problemas derivados da ação irresponsável do homem.
 
Pensando em como levar esses temas para a sala de aula de forma lúdica e divertida, a Secretaria de Educação de Afogados da Ingazeira tem utilizado o livro infantil como ferramenta pedagógica. Dentro das atividades da semana do bebê, que este traz como tema “por uma escola e um mundo melhores”, o livro “O Sapo Rei”, do escritor afogadense Alexandre Morais, foi tema de uma oficina didática.
 
Em linhas gerais, o livro trata da degradação provocada pelo homem em uma lagoa. Revoltados, os animais se reúnem sob o comando do Sapo para combater a poluição e ensinar aos homens uma forma mais adequada de cuidar do meio-ambiente. A oficina foi coordenada pelo Professor Gilvani Marques para professores da rede municipal. A oficina apresentou propostas de exercícios, atividades lúdicas e formas de abordagem para leituras coletivas e debates em sala de aula.
 
O próprio autor acompanhou a oficina e ficou encantado com o que viu. “É muito gratificante ver que uma obra literária que você criou com tanto carinho, extrapola as páginas impressas e se materializam em uma ação educativa, que pode ajudar a melhorar, ainda que um pouquinho, o mundo em que vivemos,” afirmou Alexandre, que ainda aproveitou para autografar alguns exemplares de “O Sapo Rei”.


Ascom
 

Foto: Marcela Pimenta/SEI

O governador de Pernambuco, João Lyra (PSB), doou um terreno para a construção de uma unidade do instituto SENAI de Inovação para a Tecnologia (ISI-TIC) no centro do Recife. A unidade pernambucana do ISI será a primeira do Brasil a ter uma sede própria.

O investimento será de R$ 49 milhões, com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES). A unidade será construída no bairro de Santo Amaro, área central da capital pernambucana.

“É uma imensa alegria ter a oportunidade de fazer parte desse projeto tão importante para o segmento industrial”, disse o governador em reunião  nessa quarta-feira (19) com o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE), Ricardo Essinger, e o diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Sérgio Gaudêncio.

Gaudêncio considera que o novo centro vai aprimorar profissionais, além de exportar inovação: “Será um espaço voltado para o desenvolvimento da indústria”.

Já Essinger ressaltou a importância da presença do instituto em Pernambuco:  “Nós entendemos a importância desse instituto para a indústria pernambucana e por isso nós apoiamos a iniciativa”.

O ISI é um dos 25 institutos que serão lançados nacionalmente dentro do contexto do Programa de Aceleração de Competitividade do SENAI e iniciou suas atividades no Estado de Pernambuco em 2013.

O objetivo do Centro é promover a competitividade à indústrias através da transferência de conhecimentos, pesquisa aplicada e inovação.

 

O secretário da Casa Civil, Luciano Vásquez, o governador João Lyra Neto (PSB) e a deputada estadual Raquel Lyra (PSB). Foto: Paulo Sérgio Sales/SEI
O secretário da Casa Civil, Luciano Vásquez, o governador João Lyra Neto (PSB) e a deputada estadual Raquel

Até esta sexta-feira (21), o governador de Pernambuco, João Lyra Neto (PSB), deve definir a lista de inaugurações que serão realizadas por ele até o final da gestão, no dia 31 de dezembro, e quais ações serão entregues sem atos de inauguração. A relação está sendo definida pela chefia de gabinete do Governo do Estado. A informação é do secretário estadual da Casa Civil, Luciano Vásquez.

“A prioridade não é inaugurar, é entregar á população”, explica o secretário. De acordo com o Palácio, Lyra tem centenas de obras para serem entregues, mas teria evitado fazer essas inaugurações durante o período eleitoral. “No fechamento de um ciclo de governo, não é fácil se ausentar”, explica ainda Luciano Vásquez.

De acordo com o secretário, o fato de o goverandor eleito ter sido o aliado Paulo Câmara (PSB), fez com que a gestão atual ficasse numa situação mais confortável em relação as ações que não serão concluídas em 2014. Algumas obras já iniciaram com previsão para o próximo ano, ou para 2016.

“o governador Paulo Câmara vai receber uma parte enorme de obras para 2015″, disse. Vásquez também classificou como legítimo o fato de Câmara tocar as obras a serem concluídas, porque ele foi secretário estadual e membro integrante do governo.

Por outro lado, a oposição ao PSB na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) deve começar a focar nas obras paradas e cobrar a ação do Estado nessas entregas. Os oposicionistas querem questionar como anda a situação financeira do Palácio nesse período de transição.

 

Foto: reprodução do Facebook

Dos 77 políticos eleitos em Pernambuco em 2014 para os diversos cargos eletivos, apenas três declararam ser negros ao registrar suas candidaturas junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Todos os três candidatos às vagas majoritárias eleitos no último pleito disseram ser brancos: o governador Paulo Câmara (PSB), o vice Raul Henry (PMDB) e o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB).

Dos 25 deputados federais eleitos no Estado, nenhum afirmou ser negro. São 14 parlamentares brancos e 11 pardos. Já na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), que tem 49 vagas, foram eleitos 28 brancos, 18 pardos e três deputados estaduais negros; o que representa apenas 6,1% do total. Representam a população negra no Legislativo estadual os futuros deputados Edilson Silva (PSOL), Manoel Santos (PT), que já é deputado e tem histórico com sindicalismo rural, e o bispo Ossésio Silva (PRB).

“Nós ainda estamos num processo de avanço da agenda de ações afirmativas. Nós conseguimos, com essas cotas nas universidades, de concursos públicos, e estamos avançando para o Legislativo”, diz Marta Almeida, coordenadora do Movimento Negro Unificado de Pernambuco.

“Apesar de alguns partidos já terem suas secretarias de negros e negras, isso não garante que essas candidaturas sejam vitoriosas. Porque o racismo não deixa”, lembra Marta, que defende que a questão da representação do negro seja discutida dentro da reforma política proposta pelo governo federal. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem 563 mil pretos em Pernambuco e 4,8 milhões de pardos. Os brancos somam 3,2 milhões. A eles, somam-se 83 mil pessoas com a pele amarela e 53 mil alegam ser indígenas.

CANDIDATOS

De todos os 655 pernambucanos que disputaram as últimas eleições, apenas 45 afirmaram ser negros; o que equivale a 6,87 do total de postulantes. Dentre todos que concorreram no Estado, 49,92% eram pardos e 41,37% disseram ser brancos. Apenas 1,37% disseram ter a cor da pele amarela e 0,46% alegaram ser indígenas. Na lista dos 152 pernambucanos que disputaram o cargo de deputado federal, havia apenas 10 negros. Já dentre os 476 que tentaram uma vaga na Alepe, 31 disseram ser negros.

Em Pernambuco, são pardos os deputados federais eleitos André de Paula (PSD), Danilo Cabral (PSB), Felipe Carreras (PSB), Gonzaga Patriota (PSB), João Fernando Coutinho (PSB), Luciana Santos (PCdoB), Marinaldo Rosendo (PSB), Pastor Eurico (PSB), Sebastião Oliveira (PR), Tadeu Alencar (PSB) e Wolney Queiroz (PDT). Ja na Alepe, declararam ser pardos os deputados estaduais eleitos Aglailson Junior (PSB), Aluisio Lessa (PSB), André Ferreira (PMDB), Ângelo Ferreira (PSB), Diogo Moraes (PSB), Guilherme Uchoa (PDT), Joel da Harpa (PROS), Lucas Ramos (PSB), Miguel Coelho (PSB), Nilton Mota (PSB), Odacy Amorim (PT), Pastor Cleiton Collins (PP), Pedro Serafim Neto (PDT), Presbítero Adalto Santos (PSB), Professor Lupércio (SD), Ricardo Costa (PMDB), Tony Gel (PMDB) e Waldemar Borges (PSB).

 

O advogado e ex-ministro da Justiça Marcio Thomaz Bastos - Estadão

O advogado e ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, de 79 anos, morreu na manhã desta quinta-feira, 20. Ele foi internado na terça-feira, 18, no Hospital Sírio-Libanês em razão de complicações pulmonares.
 
Thomaz Bastos foi ministro entre 2003 e 2007, nos governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Também presidiu a OAB-SP entre os anos 1983 e 1985. O advogado criminalista atuou ainda em julgamentos como o do processo do mensalão, na defesa de réus ligados ao Banco Rural, e na acusação dos envolvidos na morte do ativista ambiental Chico Mendes. Atualmente ele era o coordenador da defesa de empreiteiras investigadas pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal.
 
"São Paulo e o Brasil perderam um dos seus maiores advogados. Eu me recordo que quando Márcio me contou que acabara de ser convidado pelo Lula para ser ministro da Justiça eu disse a ele: 'O Brasil vai ter um grande advogado a defendê-lo'", afirmou o ex-ministro da Justiça José Carlos Dias, titular da pasta no governo Fernando Henrique Cardoso.
 
Thomaz Bastos nasceu em Cruzeiro, no interior de São Paulo, em 1935 e formou-se em direito pela Universidade de São Paulo (USP), em 1958. O criminalista também se destacou pela participação nos movimentos das Diretas Já e, ao lado de outros juristas, participou da redação da petição do impeachment do então presidente Fernando Collor de Mello, em 1992.
 
"Eu perdi um dos meus melhores amigos, a advocacia perdeu um dos melhores advogados de todos os tempos. E o Brasil perdeu uma de suas melhores cabeças", afirmou o advogado Celso Vilardi, que atuava com Thomaz Bastos na coordenação da defesa das empreiteiras citadas na Lava Jato.


Fonte: Estadão Conteúdo

 

unnamed (1)

O secretário estadual de Infraestrutura, João Bosco, confirmou a paralisação de um leque de obras da sua pasta, inclusive estradas que vinham em ritmo mais avançado, mas garante que a partir de janeiro de 2015 serão retomadas. “Isso se dá em função do fechamento de contas de uma gestão, o que é normal”, garante.
 
Entre essas estradas está a PE-292 que liga Afogados da Ingazeira a Sertânia. Bosco ressalta que o Estado não tem histórico de obras inacabadas e que os recursos da sua grande maioria estão assegurados e não dependem da União, mas do tesouro estadual. “Todas as obras serão retomadas”, afirmou.
 
O Blog penoticias vai mais além ao tempo de querer perguntar o porquê de iniciar a obra na PE-292 mesmo sabendo da paralização eminente, se vão retomar em janeiro de 2015 irão gastar mais dinheiro do contribuinte porque o que foi feito até agora será danificado até lá. O secretário afirmou também que uma rodovia, no Agreste, foi autorizada a sua conclusão, por quê? Área do governador atual?
 
A verdade é que fizeram estardalhaço com uma obra puramente eleitoreira, e que poucos aceitam, mas o Sertão do Pajeú sempre foi descriminado quando a questão é rodovias. Aparecem políticos que se auto intitula de liderança, mas que seu poder de cobrança é igual ao meu, ou seja, nenhum. Janeiro no instante chegará, paguemos pra vê o retorno das máquinas. Alguém acredita? Nem eu.
 

http://www.diariosp.com.br/diariosaopaulo/upload/noticia/1384384350falta_de_agua370x211.jpg

O problema da falta d’água na cidade de Orocó, cidade do Vale do São Francisco, vem causando prejuízos no comercio local. Devido à falta do liquido precioso nas torneiras, comerciantes fecharam as portas dos estabelecimentos por não ter como manter o funcionamento, isso aconteceu em um dos restaurantes mais movimentados da região, o Restaurante Panela de Barro, as proprietárias Gerlane e Leila, não tiveram alternativa se não fechar as portas e ficar com o prejuízo, o mesmo aconteceu em outros estabelecimentos comerciais.
 
A falta da água fornecida pela Compesa já se transformou em um problema constante em cidades da região, no final da semana passada todas as residências de Cabrobó ficaram sem água, devido um problema na bomba que abastece as redes que fornecem água para todos os bairros da cidade. Em Orocó não tem sido diferente, pelo o contrario, por lá os problemas tem sido maiores ainda, desde a última sexta feira que o fornecimento vem sendo frequentemente interrompido. Segundo informações de um dos funcionários da Compesa, o problema é causado pela constante queda de energia elétrica que abastece as bombas do sistema principal de capitação da água no Rio São Francisco.
 

O Ministério da Saúde alerta as secretarias estaduais e municipais de Saúde que evitem aplicar a vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, a rubéola e a caxumba, em crianças com histórico de alergia à proteína do leite de vaca (APVL). A restrição, segundo a pasta, vale apenas para doses fornecidas pelo laboratório Serum Institutte of India Ltd.

“A informação é preventiva, pois foram notificados alguns casos de reações adversas em crianças que têm alergia ao leite de vaca. Vale ressaltar que todas as crianças passam bem”, garante o ministério, por meio de nota. Crianças com intolerância à lactose do leite podem receber a vacina normalmente.

O comunicado destaca que o laboratório é pré-qualificado pela Organização Mundial da Saúde e fornece, há anos, doses para vários países, inclusive para o Brasil. Todos os lotes da vacina tríplice viral aplicadas no país, segundo o governo, passaram por análise no Instituto de Qualidade em Saúde e foram aprovadas para uso.

“Desde junho deste ano, mais de 4,4 milhões de crianças foram vacinadas com essa tríplice viral no país, e há garantia da segurança da vacina”, destacou a pasta. Entretanto, de acordo com a nota, durante análise da composição da vacina do Serum Institutte foi verificada a presença de lactoalbumina hidrolisada.

Diz a nota: Embora não exista na bula nenhuma contraindicação do seu uso em pessoas que apresentam alergia ao leite de vaca, como medida de precaução, o Ministério da Saúde enviou a todas as secretarias estaduais de Saúde informe técnico recomendando que crianças com histórico de alergia ao leite de vaca não sejam vacinadas com a tríplice viral. Nestas crianças, a vacinação deverá ocorrer em uma data posterior.

 

Equipe de campanha já definida
Equipe de campanha já definida

Eduardo Cunha escalou oito coordenadores para sua campanha pela presidência da Câmara dos Deputados.

São eles Sandro Mabel, Leonardo Picciani, Lúcio Vieira Lima, Júnior Coimbra, Manoel Júnior, Hugo Motta, Fátima Pelaes e João Arruda.

Todos devem marcar jantares em Brasília com cerca de 30 nomes cada, em que Cunha possa se apresentar e pedir votos.

Picciani, Manoel e Júnior vão fazer os roteiros das viagens. A ideia é visitar ainda este ano os três estados do Sul, para que Cunha possa se reunir com José Ivo Sartori, Beto Richa e Raimundo Colombo.

Arruda recebeu uma missão estratégica: contatar os novos deputados e se colocar à disposição para ajudá-los a se ambientar na Casa. Em janeiro, haverá jantares específicos para esse público.

 

Trabuco: cara de ministro ele tem
Trabuco: cara de ministro ele tem

A expectativa no entorno de Dilma Rousseff é que o ministro da Fazenda seja mesmo anunciado entre hoje (20) e amanhã (21).

Se for mesmo Luiz Trabuco, a quem Dilma convidou ontem oficialmente, a Bovespa acordará em festa amanhã (hoje, é feriado em São Paulo).

Pela lógica dos rituais, Trabuco deve aceitar. Não faria sentido Dilma ter se reunido na terça-feira com Lázaro Brandão, presidente do Conselho do Bradesco, para comunicar-lhe o convite ao subordinado e Trabuco ir até a presidente ontem para dizer um “não”.

Dilma também agiu, naturalmente, conforme manda o figurino dos rituais: foi até a Brandão para pedir que lhe cedesse o subordinado.  O poder do “seu” Brandão neste caso é total.

Por Lauro Jardim
 

alt

Sitiada por uma conjuntura que rosna para sua autoridade, Dilma Rousseff é pressionada a esboçar uma reação. Sob aconselhamento de Lula, tenta dar à luz uma agenda. Algo que lhe permita evoluir da lamentação depois do fato para a sensação de que comanda.
 
No momento, Dilma e seus conselheiros iludem-se com uma fantasia: a ilusão de que a indicação imediata de uma nova equipe econômica fará o noticiário, hoje monopolizado pelo mega-escândalo de corrupção na Petrobras, mudar de assunto.
 
De fato, há enorme curiosidade para saber quem será incumbida por Dilma de tourear as dificuldades econômicas que ela legou para si mesma. Mas a revelação do nome do sucessor de Guido Mantega não resolve a crise na Petrobras, que logo irá se transformar numa crise do Legislativo, com ramificações no Executivo.
 
De resto, a escolha do titular da Fazenda fará brotar cobranças novas. A lista de cotados ainda inclui Luís Carlos Trabuco, presidente do Bradesco. Se vingar, Dilma será convidada por Marina Silva a desculpar-se com Neca Setúbal.
 
Com ou sem Trabuco, o governo terá de apresentar um programa de cortes de despesas capaz de projetar para 2015 um cenário menos vexatório do que esse que está pintado no vermelho das contas de 2014.
 
A acidez da conjuntura já não permite prolongar o discurso econômico aguado e evasivo da campanha. Se der ouvidos a Lula, Dilma não hesitará em aplicar um receituário com ingredientes do programa do adversário. E ouvirá de Aécio Neves a provocação de que precisa pagar royalties ao economista tucano Armínio Fraga.
 
Dilma pediu e a maioria do eleitorado lhe deu a oportunidade de esticar a permanência do PT no poder federal por mais quatro anos. Agora, precisa responder: para quê? Vem daí a correria das ultimas horas para fazer o parto de uma agenda.


Por Josias de Souza

 
http://didigalvao.com/blog/wp-content/uploads/2014/07/Socorro-Pimentel.jpgA deputada estadual eleita Socorro Pimentel (PSL/Foto), concluiu o procedimento de prestação de contas no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE). Apesar de ter enviado as informações à Justiça Eleitoral dentro do prazo, por meio eletrônico, Socorro foi incluída na lista dos inadimplentes por não ter protocolado o documento físico no tribunal. O total acumulado de receitas da deputada eleita foi de R$ 460 mil. Agora, todos os eleitos no Estado estão aptos a assumir seus cargos. A diplomação será realizada no dia 19 de dezembro.