Explosivo apreendido com quadrilha presa em Bom Jardim, no Agreste de PE (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Cinco pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha especializada em explodir caixas eletrônicos no estado foram presas pela Polícia Militar de Pernambuco. A prisão aconteceu na madrugada deste sábado (24), por volta das 4h, em João Alfredo, município do Agreste pernambucano.

Quatro homens e uma mulher, de idades não reveladas, compõem o grupo que foi preso. Com os suspeitos, foram apreendidos fuzis, espingardas, explosivos e grampos, que são espalhados no asfalto para facilitar a fuga.

Onda de assaltos

No primeiro semestre deste ano, 110 assaltos a banco foram registrados pela Polícia Civil de Pernambuco, o que inclui o crime à mão armada, arrombamentos de caixas eletrônicos, arrombamentos de cofres, ações com uso de explosivos e sequestros de gerentes, o chamado sapatinho. Um dado superior aos 97 registrados no mesmo intervalo de tempo em 2015.

Do total, 77 ocorrências foram direcionadas a terminais bancários em Pernambuco, sendo 39 arrombamentos de caixas eletrônicos e 38 explosões. Os números representam um aumento de 105% nos arrombamentos e de 35% nas explosões em relação ao mesmo período do ano passado. Nos primeiros sete meses do ano anterior, foram 19 caixas arrombados e 28 detonados com explosivos. Uma força-tarefa foi criada entre as polícias Civil e Federal no estado para investigar essas ocorrências, que seguem sendo frequentes no mês de agosto.

Atualizado em 24/09/16 às 00h00

http://paredaodopovobj.com.br/site/wp-content/uploads/2013/07/presidio.jpg

Durante uma revista feita em unidades carcerárias do interior, na terça e nesta quarta-feira, foram apreendidos papelotes de crack, maconha, facas, celulares e até mesmo materiais para a fabricação de cachaça artesanal. A informação foi divulgada pela Secretaria de Ressocialização de Pernambuco.

A vistoria foi feita no Presídio Desembargador Augusto Duque, em Pesqueira, com a participação de agentes penitenciários da unidade com o apoio da Polícia Militar. Na terça, a Seres também realizou revista na Penitenciária Juiz Plácido de Souza (PJPS), em Caruaru, a ação foi realizada pelos agentes penitenciários da unidade com o apoio da Gerência de Inteligência e Segurança Orgânica (Giso/Seres) e do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati/PM).

Confira a relação do material apreendido

PDAD (Pesqueira):

110 gramas de maconha
133 papelotes de crack
67 papelotes de maconha
202,6 gramas de maconha
20 celulares
02 facas peixeiras
28 chuços
13 barrotes
17 carregadores de celular
06 fones de ouvido
04 serpentinas (para fabricação de cachaça artesanal).

PJPS (Caruaru):

91 facas artesanais
23 barrotes
09 celulares
02 baterias de celular
03 carregadores
20 litros de cachaça artesanal
01 serpentina (para fabricação de cachaça artesanal)
22 balas de maconha
43 comprimidos de uso controlado
17 sacolinhas de pó (supostamente cocaína ou pó virado)
75,2 gramas de pó (supostamente cocaína ou pó virado).

Atualizado em 14/09/16 às 00h00

http://www.trucadao.com.br/system/imagens_anuncios/imagems/000/280/285/big_thumb/7668ec6f15.jpg?1443109245

A Guarnição da Polícia Militar realizava rondas e abordagens nesta terça-feira (13) na BR-232, em Custódia, Sertão de Pernambuco, quando por volta das 23h30, foi informado pela empresa de rastreamento TJ Gerenciamento de Risco, que o caminhão VW/24.250 CLC 6X2, cor branca, ano 2008, placa MOO-3376, da Paraíba, havia sido roubado na última segunda-feira (12), e que o rastreamento estava localizando o referido veículo na BR-232, à aproximadamente 3 Km da cidade de Custódia, sentido Arcoverde.

De imediato, o policiamento de Custódia, juntamente com a polígono do 3º BPM, deslocou-se até a Rodovia BR-232, onde localizou o caminhão e o motorista que estava na cabine do citado veículo, que ao ser abordado, informou que quando se deslocava da cidade de Araguaína – TO, com destino a cidade de Natal – RN, com o caminhão carregado de carne bovina, e que por volta das 20h30 da segunda-feira, parou o veículo no povoado de Varzinha, município de Serra Talhada, para jantar, e  foi abordado por três elementos armados, que o fizeram de refém, seguindo com destino a cidade de Sertânia.

Ainda segundo o motorista, os assaltantes o colocaram dentro do matagal, vigiado por dois elementos, que o liberou por volta das 16h desta terça-feira (13), disse ainda que os elementos informaram que iriam deixar o veículo no povoado de Cruzeiro do Nordeste, município de Sertânia.

Após ser liberado, o motorista deslocou-se até o local informado pelos bandidos e lá encontrou o veículo sem a carga, em seguida conduziu o caminhão para a cidade de Custódia, faltando combustível a três Km desta cidade, onde prestou queixa da ocorrência.

Atualizado em 14/09/16 às 00h00

Do Portal Nayn Neto

Na manhã desta terça-feira (06), Policiais Militares do 23ºBPM, aprenderam dois homens suspeitos de assaltos na região e apreendeu uma pistola de uso restrito, além de vários celulares, produto de assalto. A prisão aconteceu na zona rural do município de Afogados da Ingazeira, Sertão do Pajeú.

Segundo a Polícia Militar, a ação se deu após denúncias sobre assalto na Farmácia Silva e a transeuntes em Afogados da Ingazeira-PE, onde as vitimas informaram que se tratava de dois indivíduos, em uma moto preta e um armado de pistola. Diante das informações, as equipes do NIS-I e Malhas da Lei iniciaram levantamentos e hoje (06), as equipes juntamente com a ROCAM, se dirigiram ao sítio Santo Antônio I, área rural de Afogados da Ingazeira, onde localizou os indivíduos Felix Feliciano de Lima, 18 anos, que é foragido da Comarca de Brejo da Madre de Deus, no Agreste de Pernambuco, pela prática de homicídio, além de ser acusado de outros homicídios na região de Santa Cruz do Capibaribe, também no Agreste, e Antônio Humberto Rodrigues Gonçalves, 25 anos.

objetos Afogados

Em poder dos mesmos foram apreendidos cerca de 28 celulares de diversas marcas, 02 notebook e cerca de R$ 206,00 reais em espécie. Foi apreendida ainda uma pistola cal.40, marca Taurus, com um carregador municiado e uma motocicleta Honda 150, placa KKL-8308, cor preta. Os assaltantes confessaram os crimes já mencionados em Afogados da Ingazeira, bem como o assalto ocorrido a transeuntes no dia 02SET e na loja July Cell ontem (05SET), ambos em São José do Egito.

Diante dos fatos os suspeitos foram conduzidos, juntamente com o material apreendido, para a delegacia de Polícia Civil de Afogados da Ingazeira-PE, para serem tomadas as medidas legais cabíveis.

Atualizado em 06/09/16 às 00h00

O suspeito José Ari Dantas portava uma quantia em dinheiro vivo, além de armas e explosivos / Foto: Divulgação

José Ari Dantas, considerado um dos assaltantes de bancos mais procurados do Nordeste foi preso em flagrante nesta sexta-feira (02), através de uma operação da equipe do Grupo de Ações Táticas do Interior (GATI), o Núcleo de Inteligência e apoio da Polícia Federal  na BR-232 em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco. Contra ele tinha vários Mandados de Prisão.  

Na abordagem, ele encontrava-se conduzindo um veículo clonado. O assaltante confessou a polícia que comprou o carro que conduzia pelo valor de R$1.500 e revelou ainda que a última investida criminosa que participou foi à explosão de uma agência do Banco do Brasil, em Conceição, no estado da Paraíba.

O criminoso estava de posse de R$3.100 em dinheiro. Na operação também foram apreendidos os seguintes materiais: três fuzis cal. 7 mm, duas espingardas de repetição cal.12, um rifle cal. 44, 43 munições cal. 7 mm, um carro roubado, uma munição cal. 9 mm, cinco toucas ninjas, cinco luvas e uma carteira de habilitação falsa. Além de um metro de estopim, sete espoletas e 43 metros de cordão detonante, pesando, aproximadamente, 900 gramas.

O assaltante e todo material foram levados para a Delegacia de Polícia Federal em Salgueiro, onde foi autuado em flagrante delito.

Atualizado em 03/09/16 às 00h00

Ademir Oliveira, delegado do caso do vereador acusado de estupros (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)

Do G1

O técnico em enfermagem, bacharel em direito Jamerson Dantas, foi preso, na manhã desta quarta-feira (24), sob a acusação de estupro de uma criança e um adolescente. Ele é candidato a vereador do Recife. Policiais civis cumpriram um mandado de prisão expedido pela 1ª Vara da Infância e Juventude da capital e efetuaram a prisão na casa da mãe do acusado, no bairro de Caixa-D’água, em Olinda, Região Metropolitana.

Os detalhes foram repassados durante coletiva de imprensa, na sede do Departamento de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), no bairro da Madalena, Zona Oeste da capital pernambucana. De acordo com o delegado Ademir Oliveira (foto), os crimes foram cometidos há dois meses. A denúncia teria partido de uma das vítimas, um garoto de 13 anos. "O menino procurou a delegacia para relatar, denunciar o estupro", contou.

Além do adolescente, uma menina de 10 anos teria sofrido os abusos. Os dois passaram por exames para comprovar os abusos sexuais. A polícia também investiga um terceiro caso envolvendo um menino de 8 anos. Todos passaram por exames sexológicos para comprovar os abusos. Segundo Oliveira, o acusado era amigo das famílias das vítimas.

"No caso da menina, ele prestava serviços de enfermagem à avó materna da criança, era amigo da família da criança, frequentava a casa deles. A mãe da criança frequentava a casa de Jamerson. E, através desse trabalho de conquista da confiança, num determinado dia, ele pegou a criança de dentro de casa e a levou para a casa dele. A mulher dele não estava em casa, e lá ele praticou o sexo", disse o delegado.

Oliveira informou também que o menino de 8 anos é parente da menina. "Ele valeu-se do mesmo expediente da relação de confiança com a família e chegou a praticar atos libidinosos com esse menino, ele já foi ao IML (Instituto de Medicina Legal, em Santo Amaro) e estamos esperando laudo (sexológico) para dar prosseguimento ao inquérito", afirmou.

Atualizado em 24/08/16 às 00h00

http://www.leiaja.com/sites/default/files/enviados-2015/DSC_2235.jpg

O prejuízo com a corrupção custou cerca de R$ 25 milhões ao município de Catende, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. A informação foi divulgada pela Polícia Civil ontem ao detalhar a Operação Longa Manus, deflagrada na última sexta-feira no Recife e em Catende. A polícia também anunciou a conclusão das investigações da Operação Tsunami.

De acordo com a delegada Patrícia Domingos (foto), a organização criminosa dirigida pelo prefeito do município, Otacílio Alves Cordeiro (PSB), "era uma verdadeira máquina de fraudes" em processos licitatórios. Além do gestor, participavam do esquema a primeira-dama e secretária de Ação Social, Maria José Alves Cordeiro, o secretário de Finanças, Ronaldo Alves Cordeiro, membros da Comissão Permanente de Licitação e diversos empresários. "A família Alves Cordeiro sangrou a Prefeitura paulatinamente nesses sete anos de gestão", disse a delegada.

Iniciada em outubro de 2015, a operação Tsunami apontou que a rede de fraudes atingia desde a organização de eventos e obras, até abastecimentos em postos de gasolina. Conforme as investigações, empresas selecionadas para construções devolviam 90% do valor cobrado em depósito na conta de Ronaldo Alves Cordeiro. De acordo com o delegado Izaías Novaes, também responsável pelas investigações, um posto de gasolina chegou a receber R$ 3,5 milhões por combustível.

Contra o prefeito de Catende ainda pesam outras denúncias. Em conversa pelo celular com seu filho, interceptada pela polícia, ele cogitou espancar e matar uma testemunha. Otacílio ainda cogitou tentar afastar a delegada das investigações. Aconselhado por um médico e amigo da família, Otacílio ainda é acusado pelo policiais de simular dores para não cumprir prisão no Cotel. Segundo os investigadores, ele se referia ao hospital como "hotel", onde poderia receber visitas a qualquer momento e comer comidas melhores.

Atualizado em 23/08/16 às 00h00

Leia mais:O prejuízo com a corrupção custou cerca de R$ 25 milhões ao município de Catende

PM removeu cartuchos de emulsão explosiva em depósito de lixo em Olinda (Foto: Bruno Lafayete/WhatsApp)

Duas ações da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) podem ajudar a localizar uma quadrilha responsável por tentativas de explosão e arrombamentos de caixas eletrônicos. Os casos foram registrados nos últimos dias, em Olinda, no Grande Recife. São eles: a prisão de um paulista com passagens por presídios de São Paulo e a localização de explosivos em bom estado de conservação.

Na sexta-feira (19), a PM prendeu um suspeito de vender dinamite, em Jardim Fragoso. Já no sábado (20), moradores da Cidade Tabajara localizaram pelo menos seis quilos de cartuchos de emulsão explosiva em um contêiner usado como depósito de lixo. “Acreditamos que as duas ocorrências têm ligação e vamos investigar em parceria com a Polícia Civil”, afirmou o subcomandante do 1º Batalhão da PM, major Daniel Pereira.

Segundo ele, uma das investidas a caixas eletrônicos em investigação foi realizada em um supermercado no bairro de Caixa-D’água. Na ocasião, os bandidos se assustaram com a chegada da polícia e deixaram equipamentos, ferramentas, explosivos e grampos de ferro no local. “Chegamos bem perto deles”, afirmou o oficial.

Na ação da sexta-feira, os policiais receberam a informação sobre a presença do paulista, que tinha acabado de chegar à comunidade. Com ele, os policiais encontraram 2,5 quilos de cocaína pura e 500 gramas de crack.

Horas depois, no sábado, a Companhia Independente de Operações Especiais (Cioe) foi acionada para remover pelo menos 20 cartuchos de emulsão explosiva de um contêiner. Também havia no depósito de lixo uma grande quantidade de grampos de ferro, iguais aos usados para furar pneus de viaturas e dificultar as perseguições policiais.

Atualizado em 21/08/16 às 00h00

Droga estava em malas escondidas dentro da caminhonete (Foto: Divulgação/PM)

Um total de 80 kg de maconha foram apreendidos após uma caminhonete de luxo capotar na manhã deste sábado (20) em Gravatá, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar, ao ver as viaturas da PM, o motorista do veículo perdeu o controle do automóvel e capotou na BR-232.

 “Os policiais pararam para ajudar e localizaram a maconha", informou o tenente-coronel Silvestre Dantas. Ainda segundo a PM, a droga foi encontrada em malas, que estavam na caminhonete.

Três homens foram detidos e conduzidos à Delegacia de Polícia Civil de Gravatá. Eles foram ouvidos e autuados por tráfico de drogas e associação para o tráfico. O trio foi levado para o Presídio de Vitória de Santo Antão.

Atualizado em 20/08/16 às 00h00

Buscar Notícia

Conectados Online